Livros para todos os gostos: Isoterismo & Energias

Eu sempre apreciei uma boa leitura, ser levada para outro universo ou outra realidade, criar empatia com os personagens e os lugares. Acredito que exercita muito mais a nossa mente do que ver filmes onde os cenários já nos são apresentados em vez de os imaginarmos. Mas claro que com isto não quero dizer que não goste de ver filmes, aliás, não há nada melhor que relaxar ou matar as insónias do que ver ou rever um bom filme.

Enfim, voltando ao assunto deste post. Eu tenho um gosto variado e tanto gosto de ler ficção, ficção científica, auto-ajuda e livros ligados ao esoterismo e medicinas alternativas.

IMG_2159_edit_web.jpg

Infelizmente, a grande maioria dos meus livros estão guardados em caixotes num depósito até ter um apartamento em condições para montar e decorar a minha casinha. Até lá vou fazendo novas aquisições, incluindo e-books para evitar um grande volume de livros - são uma chatice para carregar de casa em casa! -.

Digamos que grande parte dos livros de auto-ajuda estão no meu leitor eletrónico Kobo por duas razões:
. Existe uma maior variedade em inglês, de fácil leitura;
. a vantagem de ter um Kobo é que há muitos livros (ebooks) de outras editoras que são compatíveis com este dispositivo - talvez não sirva para os livros Kindle porque estes vêm encriptados/bloqueados para servirem apenas para aquele dispositivo.

Se quiserem numa próxima vez posso falar um pouco mais sobre o Kobo, mas já me foi dito por um funcionário da Fnac que eles não têm muita saída. Vendo bem, o português em geral sempre foi bastante tradicional neste aspecto e maior parte das pessoas prefere o bom e tradicional livro.
 

Reiki para a Vida + Tarot Decifrado

Vamos começar com as energias do Reiki.

Reiki para a Vida foi comprado devido à curiosidade que foi levantada quando fiz a minha única sessão de alinhamento de chakras. Foi um serviço feito por uma amiga minha que infelizmente mora longe, senão podem ter a certeza que já teria feito outras tantas sessões. Mas a explicação da sua compra não se fica por aqui.

Eu sou uma pessoa que não acredita em Deus, a isto refiro-me a um Deus em específico, seja ele católico, jeová, ortodoxo e por aí vai. Acredito sim em energias boas e más, aquelas que nos influenciam, as que nos acompanham, as que habituam um certo lugar e aquelas que habitam objectos, como por exemplo, os cristais.

Então, este livro é bastante extenso e super detalhado. Explica tudo passo-a-passo de como se iniciar no Reiki, desde como concentrar a energia entre as nossas mãos, como praticar e treinar, e até mesmo como aplicar em nós mesmos, em outras pessoas e até nos nossos animais de estimação. Não é incrível a sua versatilidade?! Eu estou fascinada!

Um dos detalhes do Reiki é que necessitamos de ter sessões com um mestre para que este possa abrir os nossos canais de energia. É um  procedimento que pode ser efectuado à distância, o mestre não precisa de estar presente e é por isso que estou a reservar esse momento para quando tiver um apartamento e um cantinho especial para estas minhas práticas. Tudo a seu tempo, não é?!

Para quem estiver com curiosidade ou quiser ir mais longe como eu, aconselho vivamente a leitura deste livro, para além disso, como ele é recomendado pela Associação Portuguesa de Reiki, também posso sugerir que se entre em contacto com a Associação para se obter mais informações ou quem sabe um curso presencial.

Eu adoraria fazer o curso, mas neste momento não tenho tempo e as minhas finanças neste momento já estão devidamente organizadas e reservadas.

Vamos ler as cartas?

Tarot Decifrado já foi comprado por impulso e por culpa de andar a negligenciar o meu baralho de Marselha há já bastante tempo. verdade seja dita, não tenho tido cabeça nem disposição, porque sou uma pessoa que tem de ter tudo organizado de uma certa forma, tenho de estar com espírito e vontade, tenho de sentir que as vibrações da casa estão favoráreis (basta ter a sensação de que o momento é certo e que se sente um sossego na casa - de preferência sem correr o risco de ser interrompida pelo marido).

Ainda não explorei com detalhe, mas já dei uma vasculhadela de ponta a ponta assim que na diagonal, como se costuma dizer. Li sobre os Arcanos Maiores e os Arcanos Menores, também ensinam alguns métodos de lançamento de cartas de vários graus de dificuldade, como também um excelente exercício para me familiarizar com as cartas.

Não tenho praticado este último exercício com a regularidade com que devia, mas aos poucos vou inserindo na minha rotina.

Há uns anos atrás, quando me dedicava ao estudo do Paganismo e Wicca, era praticante de tarot, tirava cartas para mim mesma com o intuito de aprender e reflectir sobre a minha própria vida. Se estivesse a passar por um período do confuso da minha vida em que estivesse com dúvidas em tomar alguma decisão, recorria às cartas para uma maior claridade.

Mas atenção! Não se deve levar tudo à letra porque a forma como julgamos as cartas que se revelam diante de nós é muito subjectiva e influenciável pelas nossas vivências. Daí que o ideal é ser outra pessoa a ler o nosso tarot.

Eu apenas faço este exercício como forma de reflexão e meditação.

Estes dois livros têm algo em comum e foi a outra razão para os ter comprado: ambos são formas de meditação. Aprendi há um tempo atrás que não precisamos de meditar sentados de pernas cruzadas e olhos fechados, a meditação pode ser feita de várias formas, e é aqui que entra o mindfulness, um tema que irei abordar novamente mais lá para a frente, mas do qual já discuti neste post, aqui.

Se gostaram das minhas sugestões, então poderão encontrar ambos os livros à venda na Fnac como também na Wook.pt.