logo_hookoflife_vs02-04.jpg

Here is a description of your company. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut dapibus, felis id malesuada blandit, turpis lacus vehicula risus, quis rhoncus libero.


#tbt Dublin num dia de chuva.

#tbt Dublin num dia de chuva.

dublin-hook-of-life.jpg

Se algumas pessoas que me conhecem me “ouvissem“ agora, diriam que sou estranha em dizer que tenho saudades dos dias de verão com chuva em Dublin. Um dia como este, em que podes sair de casa de t-shirt ou um leve impermeável sobre os ombros. O tipo de chuva é indiferente, os Dubliners estão-se a marimbar para o tempo, eles levam-no como um dia qualquer porque é um dia normal naquela terra. Venha a chuva eterna!
Habituamo-nos a isto com uma cerveja na mão, ou com duas mãos a cobrir um copo e chá com leite e açucar, bem ao estilo deles.

O meu fim-de-semana habitual num dia destes era…
Levantar-me por volta das 9:30, tomava o pequeno-almoço enquanto via algum episódio de alguma série que estivesse a acompanhar. Saltava para um duche rápido para espevitar e vestia uma roupa confortável para a caminhada que se avizinhava e as compras que teria de carregar no regresso.
E estava pronta para sair de carrinho de compras na mão.

Paragens obrigatórias: Tesco e Oriental Emporium.

Depois de passar por uma das metades* do coração da cidade, fazendo uma passagem pela Penney’s (comumente conhecida como Primark em todos os outros países, não sei por quê) para ver algumas peças básicas, engendrava uma desculpa para ir à Holland & Barrett (loja de produtos naturais) para ver se havia alguma promoção que valesse a pena na secção dos suplementos.
Uma vez eu comprei uma garrafa de azeite biológico com infusão de alho, o azeite mais saboroso para preparar uma salada!
E com as compras do Tesco feitas, era hora de abastecer o estômago no Kokoro, a casinha de sushi que eu mais gostei. Eu escolhia uma caixa bento de salmão, um chá verde gelado e a sopa de miso. Confiem em mim quando digo que a sopa miso muda de sabor "emocional" quando se bebe durante o inverno gelado. Tem um gosto muuuuito muito melhor! E bem quentinho, claro.

De barriga cheia e os pés descansados, segui caminho para o Oriental Emporium. Este lugar é como uma máquina do tempo. Os cheiros vindos do talho, das especiarias e ervas das prateleiras de temperos, o peixe fresco da parte de trás da loja e o pequeno take away… tudo isto lembrou-me da minha infância em Macau. A única coisa que faltava era o sotaque cantonês, fora isso, estava tudo lá e foi assim que comecei a aprender a cozinhar comida de estilo cantonês. Posso contar mais sobre isso em posts futuros, se quiserem. ☺

Gostaria de obter um pouco de carne, macarrão fresco e seco, um par de macarrão instantâneo para os dias preguiçosos, legumes (kai lan e bok choy), tofu de seda e missô, especiarias. De vez em quando eu me aventurava com novos ingredientes e pedia algumas dicas para a açougueira chinesa, que era muito gentil e sempre acrescentava uma caixa de ovos na minha sacola de compras.

Depois disso, voltava para casa, um pouco cansada, mas realizada. Nada parecia tão satisfatório quanto caminhar, apenas andar pela cidade dava uma sensação boa. Eu andava pelas mesmas ruas todos os dias, mas isso não me incomodava, sentia-me bem e adorava ver as pessoas a passar. Tal como fazia no Kokoro, às vezes eu deleitava-me com um chocolate negro quente da Butlers sentada À janela/montra de frente para a rua, como se se fosse parte da decoração da loja, ou ia bebericar um Mocaccino no novíssimo Starbucks na Henry Street.

Uma vez em casa, e depois de arrumar as compras no seu devido lugar, punha a chaleira a aquecer água e lavava a louça. Preparava um lanche e um chá e esticava-me no sofá com a tv ligada e a relaxar.

Nestes dias eu costumava cozinhar algo chinês ou no forno e aproveitava o resto do tempo com meu marido.

* Vou falar mais sobre a outra metade do coração de Dublin num post futuro.

Seis plantas fáceis de cuidar

Seis plantas fáceis de cuidar

No começo...

No começo...

0